Despedida: Servidor exalta o ex presidente do Inmetro, Júlio Cesar Carmo Bueno

13
543

Hoje dia 19/08/2019, foi um dia triste, cinzento, um pouco de frio e com uma chuva bem fina, não era para ser assim pois ele não merecia. Uma pessoa que tratava desde a senhora da limpeza aos diretores com o mesmo sorriso estampado no rosto, quase sempre alegre, não te dava bom dia, falava “E aí? Tudo bem?”.   

A comunicação formal ficava para os clientes da casa quando participavam de reunião ou apenas o visitavam, e olha que era bastante gente entrando e saindo de sua sala. Quase sempre alegre porque é impossível ficar horas e horas com o sorriso no rosto, o cara quando não gostava de uma coisa ficava fera, brabo mesmo, mas o pessoal entendia e consertava o erro quase que instantaneamente, não era medo e sim respeito, pois quase sempre ele tinha razão.   

Chegava cedo e não tinha hora de sair, mesmo sem ser funcionário de carreira, ele amava o que fazia a sociedade sempre em primeiro lugar, era o pensamento dele. Chegou como diretor saiu como presidente, nada, mais justo.

Deixamos de certificar e passamos a acreditar organismos, muita gente dizia que ele estava louco, mas estava certíssimo, estava passando para outros os serviços da casa, gerava empregos e conscientização de que o serviço tinha que ser perfeito como faziam os funcionários da casa. Veio então a ideia de difundir a marca do Inmetro através da TV aos domingos a noite, era uma honra você trabalhar nesta casa, o cara colocou o Inmetro no topo das grandes marcas, que visão, isto sim era FELICIDADE, e não a que eu ouvi há um mês atrás, os funcionários sentiam prazer em trabalhar no Inmetro, aliás para mim foi a melhor fase de minha vida profissional, quanta saudade daqueles tempos.

Sempre o via ou no Maracanã torcendo pelo melhor do Rio, nosso Fluminense ou caminhando na Lagoa, que saudade, tenha certeza disso.

Só nos resta agora a saudade daqueles tempos em que éramos felizes e não sabíamos, Deus sabe o que faz, mas foi muito cedo podia ficar um pouco mais, descanse em paz fique com Deus “Júlio Cesar Carmo Bueno ou simplesmente Júlio Bueno, O MELHOR PRESIDENTE QUE O INMETRO TEVE.

Oscar Carneiro/ Servidor aposentado do Inmetro


NOTA do ASMETRO-SN

A diretoria executiva nacional esteve presente no velório do ex presidente representando os servidores/sindicalizados do Inmetro.

13 Comentários

  1. 1 ) Em Virtude de Estar no IPT / SP à Serviço do Seflu / Dgtec / Dimel / Inmetro, Não Pude Ir ao Velório, mas Estive Representado Através do Nosso Asmetro – SN.
    2 ) O Presidente Dr. Julio Cesar do Carmo Bueno Era Um Jovem Muito Competente, Líder, Inovador e Trouxe a Forma de Gerenciar da Petrobras; Foi Uma Estrela na Constelação do INPM / Inmetro ( Dr. Paulo Sá, Dr. Moacir Reis, Dr. Armênio Lobo da Cunha Filho, Dr. Valter Santos e Dr. Masao Ito ) e Tinha o Apoio de Toda Fôrça de Trabalho do Nosso Inmetro.
    3 ) Peço à Deus e a Todos os Moradores dos Céus, Que Confortem a Família e Amigos e Salvem a Alma do
    Dr. Julio Cesar do Carmo Bueno.

  2. Fica muita saudades do tempo em que trabalhávamos muito e éramos felizes! Sempre respeitava e valorizava os profissionais, sempre amigo é solidário.
    Os colegas já falaram tudo!
    Que Deus o tenha perto dele alegrando tudo onde estiver

  3. Em primeiro lugar como Diretor e em segundo como Presidente, esse deixou sua marca, que Deus abençoe a sua partida e conforte seus familiares.

  4. Muito Orgulho tenho em ter sido uma das Secretárias dele! Aprendi e trabalhei como louca, belas páginas profissionais vivi e concordo com os meus amigos do INMETRO no que escreveram sobre o Grande Júlio Cesar Carmo Bueno! Gargalhadas, muita inteligência e competência em um Ser Humano dotado de muita simplicidade. Muito Obrigada por tudo e Deus ilumine a sua alma meu Amigo JB. Saudades sempre vão existir do Júlio Cesar Carmo Bueno.

  5. Tudo o que se diga a mais sobre esse cara, não definirá o ser humano que foi.
    Sempre tive orgulho e honra em trabalhar no Inmetro, mas com ele na Presidência, eu pude ver resultados tecnológicos na gestão da Informática, por termos todo o apoio necessário.
    Um dia pra não esquecer foi quando tive que levar meu filho, ainda uma criança, para o Inmetro; e ele, na sua inocência, me perguntou se poderia conhecer “aquele” presidente do Inmetro.
    Tomei o guri pela mão e o levei até o 10° andar. Lá chegando, o Júlio, ao vir até a ante-sala, olhou pro garoto meio que sem entender a presença de uma criança ali; mas depois que eu lhe disse o motivo, o convidou pra um café na sala da Presidência. Aquele gesto foi sublime, pro garoto que queria conhecer o Presidente do órgão que era responsável pela “segurança dos brinquedos que ele manipulava em casa”; na sua forma infantil de ver… Me afagou o coração. Ele agora era o Presidente do meu filho também…rs
    Ficam as lembranças do cara que, quando coincidia o horário de chegada numa segunda-feira, após um domingo, onde o meu Botafogo enfrentou o seu Fluminense, se permitia gozar ou ser gozado, entre muitas risadas e (por que não ?) pequenos palavrões…rsrs.
    Que Deus o receba de braços abertos, porque terão resenhas alegres, e conforte o coração dos familiares.

  6. Estou muito triste com a partida, prematura, desse grande homem, que foi Julio Bueno!
    Foi uma fase produtiva e de grandes conquistas, a sua gestão como diretor e como presidente. O nome do Inmetro e seus serviços chegaram à sociedade brasileira de forma simples, objetiva e direta pelo empenho desse amigo. Ele era empreendedor, entusiasta, transparente e apoiador de seus funcionários. Trabalhávamos com prazer em prol do engrandecimento dessa casa, pois Julio exigia isso de nós; e nos dava as condições possíveis para isso.
    Ficarei com o seu sorriso largo e a sua gargalhada como lembrança desse presidente que honrou, tão bem, o nome do Inmetro. Siga na luz, Julio Bueno, até a morada do Senhor.

  7. Dizem que coisa boa passa rápido, mas fica guardado eternamente. Esse é o caso de nosso eterno Presidente. Fica guardado pela sua competência de gerenciamento, como cidadão, como ser humano etc , etc…….
    Certamente está guardado juntinho com nosso Pai. Saudades eternas.

  8. “Um divisor de águas” disse uma amiga…e é verdade! Concordo plenamente, Júlio Bueno nos valorizou, nos fez crescer e com isso, todos nós, construimos uma marca Inmetro muito mais forte, que perdura desde então, tinha um fato para compor equipes de trabalho, montou um grande time de líderes e gerentes comprometidos e competentes, nos inseriu no universo internacional da qualidade, que na verdade é o que interessa e chamava a metrologia de “força oculta da qualidade”. Pedimos ao Supremo Arquiteto do Universo que o acolha, ampare e lhe dê o descanso no Universo Eterno…

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!