Governo reconduz Nísia Trindade à presidência da Fiocruz

0
54

Reeleita por servidores, a socióloga deverá permanecer à frente da fundação até 2024.

A cientista foi a primeira mulher eleita presidente do órgão

Uma edição extra do Diário Oficial da União, publicada nesta segunda-feira (11/1), reconduziu a doutora em Sociologia e servidora da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) Nísia Trindade Lima para o cargo de presidente. A primeira em número de votos da lista tríplice da eleição, Nísia esteve, ainda pela manhã, com o ministro chefe da Casa Civil, o general Braga Netto, para falar dos trâmites finais da nomeação.

Em carta enviada à comunidade da Fiocruz, a cientista afirmou que será presidente de todos, “ampliando o diálogo interno e com as esferas de governo, dos poderes da República e da sociedade civil”. Ela se comprometeu a conduzir a instituição “com o mesmo comprometimento, serenidade e firmeza dos últimos quatro anos”. 

“Aproveito para manifestar os meus sentimentos aos familiares das vítimas da Covid-19 e reitero o compromisso da Fiocruz, instituição de Estado e patrimônio da sociedade, em ter a ciência, a tecnologia e a inovação a serviço da vida e do Sistema Único de Saúde como a sua diretriz principal”, afirmou a presidente em um texto divulgado pela fundação. Em 2017, Nísia foi a primeira mulher a presidir o órgão.

Crédito: Luiz Calcagno/ Correio Braziliense – @internet 12/01/2021

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!