Servidora de carreira, Luciana Servo será a nova presidente do Ipea

0
128
Luciana Servo: economista é a terceira mulher a comandar o Ipea (Helio Montferre| Ipea/Reprodução)
 

O Ministério do Planejamento informou nesta sexta-feira, 20, que a ministra Simone Tebet escolheu a economista Luciana Mendes Santos Servo para presidir o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Servidora do órgão desde 1998, ela tem sua atuação focada em temas da área da Saúde, como “Avaliação de políticas de saúde”, “Prioriza SUS”, “Contas SHA para o Brasil” e “Conta Satélite de Saúde”.

Entre os trabalhos desenvolvidos por Luciana no órgão estão relatórios do Conselho de Monitoramento e Avaliação de Políticas Públicas (CMAP), um estudo sobre a demanda e a oferta de leitos hospitalares e equipamentos de ventilação assistida durante a pandemia, além da análise sobre o gasto dos municípios em atenção primária à saúde no Brasil.

A nova presidente do Ipea é mestre em economia pela USP e tem doutorado pela UFMG.

“Luciana torna-se a terceira mulher a comandar o órgão e a primeira mulher negra”, destacou o Planejamento.

O órgão foi liderado por Aspásia Camargo entre 1993 e 1995 e, de forma interina, por Vanessa Petrelli Corrêa em 2012.

Tebet vinha sendo cobrada pela ausência de profissionais negros na linha de frente da pasta. Em entrevista ao Broadcast Político (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) do dia 11 de janeiro, ela disse que divulgaria nesta semana uma nova leva de indicações, com maior diversidade.

“A próxima etapa é colocar a igualdade racial. Esse é um compromisso que a gente tem, estamos vendo vários currículos que estão chegando, estou otimista de que vamos conseguir”, disse a ministra na ocasião.

Crédito: Luiza Vilela  / Exame – @ disponível na internet 21/01/2023

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.