GEAP aprova reajuste De 9,76%

1
552

Percentual é aplicado sobre o valor do desconto da mensalidade e do per capita

O ano de 2019 teve início cheio de novidades para o mercado de saúde suplementar. A GEAP aprovou de forma unânime, após reunião do CONAD, a aplicação de reajuste de 9,76% em seus planos de saúde, a partir de fevereiro de 2019. 

De acordo com a operadora, as decisões sobre o reajuste são tomadas a partir de um estudo atuarial que considera alguns fatores, entre eles: a projeção de despesa e receita para este ano; aumento do rol de procedimentos a serem cobertos; inflação médica (que é superior ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que ficou em média de 9,41% em 2018. O percentual é aplicado também sobre o valor per capita do plano.

Para a GEAP, o índice aprovado de 9,76% ainda que superior inflação médica, é considerado um índice sustentável.

O diretor de Administração (DIRAD), Marcus Vinicius, afirmou que medidas serão tomadas para a redução dos custos e garantia de economia. “Será grande o empenho de todos no intuito de reduzir os custos administrativos, e os custos assistenciais, visando a redução de custos e encaixe nos moldes a fim de que seja aplicável o referido reajuste. Economia para levar a GEAP para frente”, disse.

Crédito: Anasps Jurídico/BSPF – disponível na internet 14/01/2019

1 Comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!