Pessoas com mais de 60 anos são expulsas de planos de saúde

1
1228
Idosos estão sendo expulsos de vários planos de saúde, especialmente os de menor porte, sob a alegação de que não interessa mais às empresas mantê-los entre seus clientes.

A comunicação do desligamento unilateral acontece por meio de uma mensagem via e-mail, sem chance de contestação por parte dos consumidores. Essas pessoas com mais de 60 anos entraram em planos de saúde coletivos, por meio de corretores. 

O sistema é tão maluco, que uma pessoa do Rio de Janeiro começou como cliente da Unimed de Angra dos Reis, depois passou para a Unimed da Cidade do Aço, migrou para a Unimed Norte/Nordeste e, antes de ser expulsa, estava na Unimed Vertente do Caparaó, com sede na cidade mineira de Manhuaçu. 

Os idosos rejeitados pagavam caro pelos convênios médicos, entre R$ 1,5 mil e R$ 2 mil por mês. 

No desespero, foram orientados pelas empresas que os expulsaram a procurarem, por conta própria, outros planos, mas nenhum quer saber de pessoas com mais de 60 anos.

Ao recorrerem à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), esperam, no mínimo, 10 dias úteis por uma resposta, sempre a favor das administradoras.]

Crédito: Blog do Vicente /Correio Braziliense – disponível na internet 21/08/2020

1 Comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.