Operação “Olhos de Lince” combate fraudes em postos de combustíveis

0
314

Defesa do consumidor: Ipem-SP, órgão delegado do Inmetro, fiscaliza postos de combustíveis da capital

Dos 20 postos fiscalizados, em 6 (30%) foram encontradas irregularidades em bombas de combustíveis
 

O Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo, vinculada à Secretaria da Justiça, e órgão delegado do Inmetro, deflagrou nesta terça-feira, 23 de fevereiro, mais uma etapa da Operação Olhos de Lince em postos de combustíveis na capital.

“A Operação Olhos de Lince atua intensamente no combate às irregularidades em postos de combustíveis, com a finalidade de proteger o cidadão e aqueles que comerciam dentro das regras”, explica o superintendente, Ricardo Gambaroni.

Das 337 bombas de combustíveis verificadas, foram reprovadas 32 (9%) com emissão de 19 autos de infração. Os fiscais recolheram 10 placas e 18 pulsers dos instrumentos. Entre as irregularidades detectadas pelos fiscais do Ipem-SP, o maior erro foi de menos 1.855 ml a cada 20 litros abastecidos em prejuízo ao consumidor, plano de selagem violado, gatilho do bico de descarga avariado, e mangueira em mal estado de conservação.

O posto com irregularidades tem dez dias para apresentar defesa junto ao instituto. De acordo com a lei federal 9.933/99, a multa pode chegar a R$ 1,5 milhão.

O objetivo das fiscalizações do Ipem-SP é realizar a identificação de fraudes em bombas de combustíveis, referente a quantidade (volumetria), contra o consumidor praticadas por postos de combustíveis.

Números de fiscalização – Operação Olhos de Lince

Em 2020, o Ipem-SP fiscalizou 382 postos de combustíveis no Estado de São Paulo, verificou 6.012 bombas de combustíveis com 1.042 reprovações. No total, ocorreu a apreensão de 342 placas e 527 pulsers, sendo emitidos 839 autos de infração.

Em 2019 o Ipem-SP fiscalizou 175 postos de combustíveis no Estado de São Paulo, verificou 2.500 bombas de combustíveis com 709 reprovações. No total, ocorreu a apreensão de 243 placas, 392 pulsers, 40 fiações, sendo emitidos 681 autos de infração.

Em 2018 o Ipem-SP fiscalizou 329 postos de combustíveis, verificou 4.463 bombas com 595 reprovações. No total, ocorreu a apreensão de 125 placas, 104 pulsers, 7 fiações e emitidos 485 autos de infração.

Em 2017 o Ipem-SP fiscalizou 329 postos de combustíveis, verificou 4.749 bombas com 811 reprovações. No total, ocorreu a apreensão de 344 placas, 324 pulsers, 18 fiações, e emitidos 636 autos de infração.

Em 2016, desde o início da operação especial, no mês de maio até dezembro, foram 4.271 postos fiscalizados, 50.980 bombas verificadas, 3.276 bombas reprovadas, sendo emitidos 1.425 autos de infração. Foram apreendidas 176 placas, 249 pulsers, 45 fiações.

Números de fiscalização – rotina

Diariamente, as equipes de fiscalização do Ipem-SP verificam as bombas dos postos de combustíveis dos municípios do Estado de São Paulo por meio das suas 14 regionais no interior, litoral e Grande São Paulo e mais quatro nas regiões norte, sul, leste e oeste da capital.

Em 2020, o Ipem-SP, durante as ações de rotina, fiscalizou 7.169 postos de combustíveis no Estado de São Paulo. Foram verificadas 114.142 bombas de combustíveis com 8.040 reprovações, sendo emitidos 2.354 autos de infração.

Em 2019 o Ipem-SP, durante as ações de rotina, fiscalizou 10.376 postos de combustíveis no Estado de São Paulo. Foram verificadas 125.774 bombas de combustíveis com 6.938 reprovações.

Em 2018 o Ipem-SP, durante as ações de rotina, fiscalizou 8.136 postos de combustíveis no Estado de São Paulo. Foram verificadas 125.379 bombas de combustíveis com 7.486 reprovações.

Em 2017, o Ipem-SP, durante as ações de rotina, fiscalizou 8.170 postos de combustíveis no Estado de São Paulo. Foram verificadas 123.443 bombas de combustíveis com 7.513 reprovações.

Para o Ipem-SP fechar ainda mais o cerco contra os fraudadores, a instituição integrou-se à ação do Governo do Estado, denominada “De Olho na Bomba” da Secretaria da Fazenda e Planejamento, que visa o combate de fraudes em combustíveis e a sonegação fiscal. Também integram esta ação, o Procon, ANP, por meio do seu escritório regional, Polícia Civil e, no caso da capital, a Prefeitura de São Paulo.

Confira a planilha com os postos fiscalizados e veja também as irregularidades encontradas pelos fiscais.

Fonte: https://www.gov.br/inmetro/pt-br/assuntos/noticias/defesa-do-consumidor-ipem-sp-orgao-delegado-do-inmetro-fiscaliza-postos-de-combustiveis-da-capital -24/02/2021


Saiba mais   
Ipem-SP encontra irregularidades em postos de combustíveis durante Operação Olhos de Lince de combate às fraudes na capital .  asmetro.org.br/portalsn/2020/12/10/ipem-sp-encontra-irregularidades-em-postos-de-combustiveis-durante-operacao-olhos-de-lince-de-combate-as-fraudes-na-capital/
Operação Olhos de Lince encontra irregularidades em 80% dos postos de combustíveis em SP. assista os vídeos .  asmetro.org.br/portalsn/2020/11/14/operacao-olhos-de-lince-encontra-irregularidades-em-80-dos-postos-de-combustiveis-em-sp-assista-os-videos/
Quadrilhas usam chips para alterar volume em bombas de combustível.  asmetro.org.br/portalsn/2017/06/26/quadrilhas-usam-chips-para-alterar-volume-em-bombas-de-combustivel/
@ipemsp -inmetro

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!