Mesa de Nacional de Negociação Permanente: Governo acena com proposta melhor de reajuste para servidores

32
15024
@internet

Governo acena com proposta melhor de reajuste para servidores

O governo federal pediu aos representantes dos servidores públicos do Executivo que aguardem até sexta-feira (3) por uma contraproposta de reajuste salarial para todas as categorias. O pedido foi feito em reunião nesta terça-feira (28).

Representantes dos servidores e do governo se reuniram na Mesa Nacional de Negociação Permanente nesta terça (28). A expectativa era de que fosse discutida, nesta semana, a contraproposta feita pelos servidores públicos. O governo, porém, pediu mais prazo para essa discussão.

Inicialmente, o governo propôs aos servidores um aumento linear de 7,8%, que foi considerado pequeno pelos representantes dos trabalhadores. Na última sexta (24), os servidores apresentaram uma contraproposta de aumento de 13,5%. 

A CNN apurou que os representantes dos servidores públicos viram com bons olhos o pedido do governo para apresentar uma nova contraproposta até o fim desta semana.

Segundo fontes ouvidas pela CNN, os representantes da gestão federal prometeram avaliar o pedido dos trabalhadores para aumentar o reajuste salarial.

A negociação vem sendo conduzida pelo Ministério da Gestão e da Inovação em Serviço Público junto com representantes do serviço público. A próxima reunião está marcada para o dia 7 de março.

Além do aumento linear de 7,8% no salário dos servidores, a proposta inicial do governo também inclui um reajuste de 46,6% no vale-alimentação, o equivalente a R$ 200. O valor é referente à variação acumulada do IPCA de fevereiro de 2016 a fevereiro de 2023. Se aprovado, o benefício passaria de R$ 458 para R$ 658.

Na contraproposta apresentada na última sexta (24), o Fonacate (Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado) elogiou a proposta de aumento no vale-alimentação, mas pediu que os demais benefícios sejam equiparados aos dos demais Poderes nos próximos anos.

“Sem deixar de reconhecer o esforço feito para reajustar o auxílio-alimentação pela variação do IPCA desde 2016, propomos que o governo inclua no acordo o compromisso de equiparação de todos os benefícios com demais Poderes até o final de 2026”, disse.

Crédito: Gabriel Hirabahasi / CNN – @ disponível na internet 01/03/2023


Governo avalia contraproposta dos servidores para reajuste salarial

Em encontro realizado nesta terça-feira (28/2), Ministério da Gestão ouviu representantes sindicais. Próxima reunião de negociação está prevista para o dia 7 de março

O Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) realizou, na tarde desta terça-feira (28/2), mais uma reunião da Mesa Nacional de Negociação Permanente (MNNP) para dialogar com as entidades representativas dos servidores sobre a proposta de reajuste salarial.

Na ocasião, a pasta ouviu as contrapropostas apresentadas pelas entidades ao reajuste oferecido pelo Governo Federal, no último dia 16 de fevereiro.

O secretário de Gestão de Pessoas e Relações do Trabalho do MGI, Sérgio Mendonça, explicou que a primeira proposta do Governo Federal de reajuste de 7,8% sobre a atual remuneração dos servidores públicos federais, a partir de 1º de março de 2023, e de reajuste do auxílio alimentação de 43,6%, não foi aceita pelas entidades sindicais. “Com isso, vamos analisar o que foi apresentado pelas bancadas sindicais e, eventualmente, apresentar uma contraproposta ou reafirmar o que já foi oferecido”, destacou.

As contrapropostas das centrais sindicais, em resumo, pedem um percentual de aumento maior do que o oferecido pelo governo e, ainda, que o acréscimo de 200 reais no auxílio alimentação fique de fora do orçamento de R$11,2 bilhões previsto para o reajuste.

Pautas como a coparticipação do governo em relação ao plano de saúde dos servidores e um possível aumento no valor do auxílio creche também foram levantadas na reunião.

@Cristiano Eduardo ASCOM-FONACATE

 “Vamos estudar os números, mas o mês de março em questão de reajuste já foi perdido. Se houver acordo, é para o mês de abril, o que nos permite, com os recursos que estão disponíveis na Lei Orçamentária, até simular a possibilidade de um reajuste um pouco acima dos 7,8% que já foram propostos”, apontou o secretário Sérgio Mendonça. 

 Na reunião desta terça-feira, a Mesa de Negociação estava composta por cerca de 50 entidades representativas de servidores públicos federais, enquanto o governo esteve representado pelo secretário Sérgio Mendonça,  pela diretora do Departamento de Relações de Trabalho, Edina Maria Rocha Lima, e pelo diretor substituto do Departamento de Relações de Trabalho, José Borges de Carvalho Filho. 

 A nova rodada de negociações sobre reajuste salarial para os servidores públicos federais está prevista para ocorrer no próximo dia 07 de março.

Fonte: Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos 01/03/2023


Condsef/Fenadsef comentam em vídeo a segunda reunião da mesa permanente

O diretor da Condsef/Fenadsef e da CUT Nacional, Pedro Armengol, e o secretário-geral da Condsef/Fenadsef, Sérgio Ronaldo da Silva, também comentam em vídeo a segunda reunião da mesa permanente, expectativas e próximos passos que devem ser dados na busca da conclusão dessa primeira etapa que negocia de forma emergencial um reajuste para a categoria que já amarga sete anos com salários congelados. Confira também os detalhes no vídeo.

Condsef/Fenadsef 01/03/2023

Pauta de Reivindicações dos servidores do Inmetro: ASMETRO-SI solicita agendamento de…

@reprodução internet
 

32 Comentários

  1. Quanta hipocrisia, quanta maldade é o reajuste dos Servidores Públicos do Poder Executivo Federal, o qual poderá chegar a 9% do valor do vencimento, que em seu topo não chega a R$2.200,00.
    Outra jogada mais do que maldita é o reajuste do auxílio alimentação em mais de 40%, visto que os SERVIDORES APOSENTADOS NÃO TÊM O DIREITO A RECEBÊ-LO. Auxílio alimentação é pago somente a servidores da ativa!
    Por que não concedem o valor do reajuste de mais de 40% na assistência à saúde suplementar, cujo valores são vergonhosos, não chegando a R$200,00 enquanto um plano de saúde ultrapassa o valor de R$1200,00, principalmente aos servidores idosos aposentados?
    O Governo Federal trata os seus servidores do Executivo feito lixo enquanto dos 2 outros poderes são tratados cheios de mordomias e regalias. Podridão nesse troca troca de governos direita x esquerda, tudo igual.

  2. Os sindicatos usam da falta de conhecimento dos associados que os mantem pra fazer politica barata usando da boa fé de grande parte dos associados que acredita nos sindicalistas que na hora apresentar os indices de perdas mostram que contas sabem fazer dizendo as perdas do executivo federal estão em 35%.Vou dar um exemplo baseado no salario que eu recebia a partir de janeiro de 2014 que 2530,00 o que equivalia exatamente a 3 1/2 ( tres e meio ) salários mínimos. Hoje meu salario esta em 3050,00 o que não chega nem a dois e meio salários mínimos. as perdas tem que baseada equivalente em valores e nesse período de janeiro de 2014 1 janeiro de 2023, esse salário teria que estar hoje em 4620,00 e o auxilio alimentação teria que estar nos 910,00. as perdas em porcentagem não é esses 35 por cento que o sindicato diz ser e sim 52%. O sindicato ta reconhecendo que chegou no limite esses 9% que o governo acabou oferecendo mas só que desde a primeira reunião em 16/02/2023 esse índice já foi projetado pelo governo que ofereceu 7/8 na folha de pagamento a partir de março caso recusada a segunda seria 8/5 na folha de abril por ultimo a proposta final já projetada pelo governo seria 9%na referente mes de maio. Resumindo gastou esse tempo todo pra chegar num acordo que já tava projetado pelo governo em acordo com próprio sindicato que acabou ajudando so o governo. vou rapidamente explicar porque. usando o salario que ganho como referencia com os 7/8 e os 200,00 do auxilio eu já iria receber a partir domes de março 3952,36 e abril 3952,36, só que com esse atraso deixei de receber 876,72 e ai vão me dizer mais melhorou ao invés de 7/8% vamos receber 9% que vai aumentar 36,68 o que vale só fazer as contas e ver que pra recuperar esses 876,72 gasta 24 meses. Resumindo teria que sido aceita a proposta de 7/8% logo de inicio e depois vinha tentando negociar mais reajuste das perdas que são bastante e agora mais esse prejuízo que tomamos nessa brincadeira de ficar mudando data de reunião pra decidir uma coisa já tava projetada desde o dia 16/02/2023.

  3. Lamentável, essas reuniões com o sindicato”chamado mesa de negociação” o reajuste é já, abra-se negociação é para os anos seguintes incluindo produtividade pois o serviço público é uma vergonha……

  4. ACEITA LOGO ESSA PROPOSTA DO GOVERNO 9% , POIS ESTÁ DEMORRANDO DEMAIS JÁ FICAMOS ESSE TEMPO TODO SEM NEM ” LINEAR ” E CADA VEZ QUE AUMENTA O SALARIO MINIMO PERDEMO MAIS DO NOSSO OK

  5. Só Jesus na causa! Isso é uma vergonha pra todos nós funcionários públicos. O Executivo é que na verdade executa os serviços dos demais poderes, mais uma vez fomos prejudicados, pela culpas desta corja de marmanjos na direção das negociação. Será que vão furar mais uma vez com o funcionalismo público. Precisamos nós mesmos lutarmos, como verdadeiros soldados de guerra! Abraços

  6. BOM NOVAMENTE SOMOS HUMILHADO PELO GOVERNO JA ERA PARA O AUMENTO ESTA NO BOLSO CHAMA LOGO A GREVE GERAL ( DEIXA DE COVARDIA ) SINDICATOS !!!!

  7. O interessante é que, nesse contexto, o governo ganhou tempo e o suposto melhor reajuste, foi postergado para o mês de abril.
    Tem um ditado que diz: melhor um pássaro na mão que dois voando.
    E assim vamos caminhando a passos lentos.
    O correto seria aceitar o aumento proposto para março e continuar com as mesas de negociação.
    Uma pena que nossos sindicatos continuem estagnados no tempo e no espaço.
    Diz outro ditado: dou 1 passo atrás e depois 2 a frente.
    Sou aposentada e já trabalhei no MPOG.
    Vocês pensam que estão ganhando, mas eles que estão ganhando tempo.

  8. Parem com essa novela de 7 anos!! Ja ta montada a mesa de negociação! Claro que foi preciso! Se nao, nao teríamos forças! Agora deepender desses caras com cargos políticos como Ministros e outros a gente ta na roça! Tem o recurso? Tem! Então deem a porcentagem que nos é devida! Pow respeitem funcionario público! Nossos salarios estão defazados sim!

  9. ACHO , que o Governo está demorando muito em fechar esse caso , pois sabe que os servidores do executivo estão muito prejudicados com relacão a aumento salarial enquanto isso servidores dos outros poderes ja vão receber . por favor resolve isso logo pois cada vez que sobe o minimo o nosso perde mais !!!!

  10. Eu espero que não cheguem com essa conversa, aumentou 1 por cento ou 2 por cento mais só vai ser pago em junho, se isso acontecer todos sabem quem está levando vantagens. ( Respeito, respeito, respeito, com os servidores) – Eu nunca repeti um comentário, porque ele não é postado? É proibido a independência da fala!!!

  11. Só quero entender o aumento separado no vale alimentação, uma vez que os servidores aposentados não recebem esse benefício, será que quando se aposentam não precisam se alimentar!, Será que depois de serviços prestados a comunidade os servidores aposentados não merecem uma remuneração digna, lembrando que eles já não têm saúde, alimentos nem lazer. Vamos imaginar se os saldos dos deputados e senadores fossem congelados por mais de seta anos o que eles fariam?

  12. É vergonhoso funcionário público federal (q agora e reconhecido como fedorento), da sua vida usando produtos químicos ( cancerígeno) como DDT, MALATHION, CITHION, SUMITHION, produtos q pais do primeiro mundo não mais usava jogou pra o Brasil com bater Aefes aegypti, como eu trabalhei 44 anos 25 com esses produtos fui diagnosticado com CA de estômago, pesava 93 kilos hoje estou com 69 vivo pelas graças divina, tivi q retirar o estômago 100%, vesícula e uma parte do esôfago. E hoje sem plano de saúde, nós só tinha valor pra o plano quando era novos pq pagava e não tinha necessidade de usar, hoje todos velhos aposentados não tem valor nenhum, eu o aumento no ticket alimentação,aposentado não recebi ticket, 60%, hoje é pra comprar de remédios. Pra vcs na calada da noite aprova aumento em 10 minutos. Um sem valor.

  13. Complementando o meu comentário anterior. Todos os movimentos grevistas que aprendi a fazer com o PT no IBGE foram deixando de acreditar quando o partido questionava a conduta de Fernando Henrique para a idade da aposentadoria de 53 anos pagando 3pc por anos para atingir 60. Quando assumiu de cara aumentou a idade além de outras medidas que sempre condenou. Aí deixei de acreditar E seguir o partido. Aí em 2012 com Dilma além de termos de pagar os dias parados é as demissões de funcionários temporários no IBGE coisa que o PT nunca permitiu máscara caiu de vez . Não acredito nessa corja. Podem achar o que quiserem não sou bolsonarista. Fui militante do PC do B E PT mas cansei de palhaçada. Só pensam neles. Gente tá na hora de forçar a imprensa nociva de informar a verdade. Não temos FGTS desde 1991 com Collor economia de quanto para o patrão. Descontavamos 11pc para acprevidencia hj desconto aposentado 14 PC. Se morrer minha esposa fica com 50pc do salário. Querem nós levar para o acabado INSS só os aposentados e pensionistas do executivo. Lá existe um teto. O que farão com os valores acima do teto? E a pa de cal. E ninguém divulga nada. Eta corja

  14. Boa tarde. Trabalhei 40 anos no IBGE. EM 2020 APOSEITEI. O QUE ESTRANHO E OS FUNCIONARIOS AINDA ACREDITAREM QUE TEREMOS ALGO MELHOR NOS GOVERNOS COMANDADOS POR ESTES INTEGRANTES DO ATUAL GOVERNO. VCS ESQUECERAM 2012 NA GREVE DO EXECUTIVO. CONSEGUIMOS 15 PC EM TRES ANOS COM DILMA. CLARO QUE SERIA MORTAL PARA NOS SE FOSSE O NEGACIONISTA. MAS NAO ME ILUDO MAIS COM QUALQUER GOVERNO. ENFIM PARA ELES O EXECUTIVO E APENAS A ESBORNIA. HJ ELES SABEM QUE NOSSOS VOTOS NAO TEM MAIS RELEVANCIA. SINDICALISTAS CAIAM NA REAL

  15. Aos bolsometdas, fiquem calados com suas arrogância, e assistam como se deve comportar um bom governante, isso ocorreu com F. Henrique, Lula nos 2 mamdatos, e Dilma. Mesa de negociação, são frutos de dialogos e não de arrogância do genocida bolsomerda. Somos seres humanos somos cidadãos, e todo cidadão podem ter adiversarios, más, nunca inimigos, como os bolsomerdas, a política é dinaminca, e a alternância de poderes deve ser natural, com respeito e acima de tudo democrática. Nunca como o pensamento dos bolsomerdas.

  16. Vejo as pessoas dizendo que è absurdo, é lamentável essa proposta de reajuste do governo. De fato, não é um percentual justo, mas há boa vontade para ir aumentando nos próximos anos. Agora, o governo bolsonaro não deu um centavo de aumento e ninguém se mobilizou. Se nossos salários estão defasados, não é culpa do governo atual. Este, pelo menos, está disposto a negociar. E, com essa atitude de recusar o percentual proposto, já perdemos um mês para termos algum reajuste.

  17. Aumentar o valor do auxílio alimentação nada adiante para os milhares de servidores públicos federais civis integrantes do PGPE que estão lotados nos Comandos Militares, tendo em vista que os mesmos não recebem tal auxílio alimentação, por serem obrigados a fazer a refeição (almoço) no Rancho das organizações militares. Tenho certeza que muitos do governo nem sequer sabem da existência desse grupo de servidores de que faço parte.

  18. É muito irresponsável a forma como tem sido divulgado o pedido tendencioso das centrais sindicais que parece defender apenas os interesses de servidores inativos. “Deixar de fora” o auxílio alimentação do orçamento inicialmente previsto para 2023 pode beneficiar a todos “se” existir uma rubrica alternativa, não resta dúvida. Contudo, fazer “pedido genérico sem indicar essa fonte” gera disputa e aflição entre servidores, pois postergar uma correção justa e urgente de um “direito basilar” dos trabalhadores ativos é um erro absurdo.

  19. Acho falta de respeito meu esposo trabalhou para te um salário digno e faleceu do que vejo ela cada diaa pensão que recebo ficando defasada estamos sem aumento a sete anos ,afinal pensionista também tem que ter reajuste

  20. Eu quero que o sindicato pare de enganar os sindicalizados, e aceite logo esse reajuste, porque os servidores já estão há 7 anos sem reajuste e não aguentam mais esse puxa encolhe dos sindicatos.

  21. Estamos há 7 anos sem aumento, o desgoverno do Bozoasno deu, logo no início do mandato, até 100 % de aumento para os militares das FA e agora para os civis, que são os que fazem o governo funcionar, fica essa dificuldade de conceder pelo menos a perda acumulada nesses 7 anos…

    • Boa tarde! Eu gostaria de saber qual militar recebeu reajuste salarial no governo Bolsonaro. Foi realizada uma tal reestruturação da carreira onde, só os generais e alguns da ativa tiveram uma mudança em uma gratificação, mas foi aumentado os descontos, dessa forma não teve nenhuma vantagem para a grande maioria. Isso nunca foi reajuste, pois o SOLDO é o mesmo desde 2016. Portanto, não é verdade que os militares tiveram reajuste no governo Bolsonaro!!!

  22. ” O PRÓPRIO PRESIDENTE” JUNTAMENTE COM O JUDICIÁRIO É LEGISLATIVO FEDERAL AUMENTARAM OS SEUS PRÓPRIOS SALARIOS COM BONS REAJUSTES,BASTANTE SIGUINIFICATIVO, DEIXANDO O EXECUTIVO FEDERAL CIVIL DE FORA, MESMOS COM 13,8% NÃO CHEGA NEM PERTO DAS PERDAS REAIS DE 2017 ATE 2022, OS PROFISSIONAIS DA SAÚDE EM GERAL INCLUINDO OS TÉCNICOS,PESQUISADORES,ADMINISTRATIVOS DA FIOCRUZ ETC… FICARAM DE FORA, QUE VERGONHA DESSE GOVERNO SEM CREDIBILIDADE, AS PROMESSAS DE CAMPANHAS EVAPORARAM, ESTAMOS COM PERDAS SALARIAIS REAIS NA MÉDIA DE 35% É O GOVERNO NÃO SE DEFINE, OS APOSENTADOS PERDENDO OS PLANOS DE SAÚDE POR NÃO PODER PAGAR MAIS, A PER CAPITA QUE O GOVERNO OFERECE É UMA AFRONTA PRA QUE DEU A SUA JUVENTUDE NO SERVIÇO PUBLICO, TEMOS QUE FAZER ESCOLHAS DESAGRADÁVEL OU PAGAMOS O PLANO DE SAÚDE É COMPRAMOS REMÉDIOS OU COMPRAMOS COMIDA, E MUITO TRISTEVER O GOVERNO TRATAR ASSIM SEUS APOSENTADOS, ENQUANTO ISSO OS GOVERNOS DE ESTADOS ESTÃO DANDO BONS REAJUSTES AOS SEUS SERVIDORES ATIVOS É INATIVOS; O PRESIDENTE OS DEPUTADOS É SENADORES QUANDO TEM APENAS UMA DOR DE CABEÇA É LOGO ATENDIDO NO HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS, E OS SERVIDORES APOSENTADOS E TRABALHADORES NO GERAL SÓ TEM ACESSO AOS HOSPITAIS ESTADUAIS, MUNICIPAIS E UPAS, ISSO QUANDO TEM MÉDICOS, QUE NORMALMENTE NÃO TEM. BRASIL TRISTE BRASIL VOTAR NO PT NUNCA MAIS, NUNCA MAIS MESMO.

  23. Servidores públicos federais,em sua maioria que vota no PT do executivo PGPE que ganham o menor salário uma tabela desatualizada, e outros. Fica Lula e seus ministros em jogo de empurra. Sancionou p outros poderes que ganham muito mais que o executivo, sem pensar, sem reunião . Em cascata. Já o do executivo PGPE e demais , fica marcando reuniões , adiando. Para com isso. Pegando mal. Ativos e aposentados não aguentam mais 7 anos sem um centavo de reajuste. Lula e ministros e ministras ..assim fica muito difícil.

  24. É inadmissivel, lamentável e vergonhoso a falta de consciêntização do nosso governo sobre a necessidade de aumento dos funcionários do Poder Executivo.Dentre eles podemos citar vários exemplos de trabalhadores, como médicos, enfermeiros que trabalharam na linha de frente e morreram de covid.Aonde está esse reconhecimento?

  25. Todo mundo já teve aumento: Judiciário, Legislativo, Presidente, Ministros, Senadores, Deputados; somente para o Executivo é essa dificuldade e milhares oferecida, nós Funcionários Públicos Federais, que é quem trabalha mesmo, somos o resto do resto, isso é pouca vergonha e humilhação p conosco.

    • Nem fala, estou a 39 anos no serviço público, lotado na aeronáutica, especificamente no DCTA Departamento de ciências e tecnologia aeroespacial. Estou sem ver a cor de um reajuste a quase completos 7 anos. Que humilhação. Funcionário do Executivo estão ficando pobres.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!