Comemoração do Dia Mundial da Metrologia com foco na sustentabilidade no Inmetro

0
71
@reprodução internet

o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) comemorou o Dia Mundial da Metrologia com o tema “Medimos hoje para um amanhã sustentável”. O evento, realizado no Campus do Inmetro Dr. Armênio Lobo da Cunha Filho, em Xerém, reuniu especialistas da área para debater os desafios e oportunidades na aplicação da metrologia para a sustentabilidade.

A abertura do evento foi feita pelo diretor de Metrologia Científica, Industrial e Tecnologia do Inmetro, Luiz Fernando Rust da Costa Carmo, que destacou a importância da metrologia no desenvolvimento de soluções sustentáveis. Em seu discurso, Rust enfatizou como as medições precisas são fundamentais para enfrentar os desafios ambientais e promover um futuro mais sustentável.

“Desde o controle da velocidade dos carros para reduzir emissões até o consumo de água nos processos de produção, a metrologia é essencial para a sustentabilidade,” afirmou.

O presidente do Inmetro, Márcio André Brito, ressaltou a importância do evento. “O evento reflete o compromisso do Inmetro em promover a metrologia como um pilar essencial para o desenvolvimento sustentável, reafirmando a confiança e a precisão, que há 50 anos são a marca do Inmetro. Essa troca de conhecimento e as discussões promovidas reforçaram a importância de medições precisas e confiáveis para enfrentar os desafios ambientais do futuro”, disse.

Na sequência, foi formada uma mesa redonda sob a mediação da analista e chefe da Divisão de Planejamento Estratégico do Inmetro, Danielle Assafin. A mesa contou com a participação do professor Elcio Cruz de Oliveira, profissional master da Petrobras; do diretor de metrologia legal do Inmetro, Marcelo Morais; do pesquisador do Inmetro e vice-presidente da Associação Brasileira do Hidrogênio (ABH2), Sérgio Oliveira; e do pesquisador e assessor da Diretoria de Metrologia Científica, Industrial e Tecnologia e professor do Programa de Pós-Graduação em Metrologia do Inmetro, Luiz Tarelho.

O diretor de Metrologia Científica, Industrial e Tecnologia do Inmetro, Luiz Fernando Rust da Costa Carmo, durante o evento que celebrou o Dia Mundial da Metrologia.

Os debates foram centrados em como a metrologia pode contribuir para um desenvolvimento mais sustentável. Elcio Cruz de Oliveira abordou a integração da metrologia com a indústria de energia, destacando avanços na Petrobras; Marcelo Morais discutiu a importância da metrologia legal na garantia da qualidade e segurança de produtos; Sérgio Oliveira trouxe insights sobre a metrologia no contexto do hidrogênio como fonte de energia limpa; e Luiz Tarelho apresentou novas pesquisas e tendências na metrologia científica e industrial e destacou a importância da metrologia na transição para energias limpas e acessíveis, além do apoio à inovação industrial e infraestrutural.

“A metrologia é fundamental para cidades inteligentes e sustentáveis, contribuindo para uma melhor comunicação e eficiência energética”, afirmou o debatedor.

Luiz Fernando Rust da Costa Carmo encerrou o encontro destacando que eventos como este são essenciais para fomentar o diálogo e a colaboração entre diversos setores, visando a um futuro mais sustentável.

O evento mostrou como a metrologia é uma ferramenta essencial para alcançar um futuro sustentável. Os especialistas demonstraram que, além de promover a precisão e confiabilidade das medições, a metrologia tem um impacto direto na proteção ambiental, na inovação tecnológica e na promoção do desenvolvimento econômico.


Quem foi Armênio Lobo da Cunha Filho 

 

Armênio Lobo da Cunha Filho – reprodução

Dr. Armênio exerceu os seguintes cargos:

  • Diretor Geral do INPM ,
  • Presidente  do Inmetro
  • Diretor de Metrologia Legal do Inmetro
  • Diretor de Metrologia Cientifica e Industrial do Inmetro.

 

Dr. Armênio esteve à frente do Instituto entre 06/11/1970 e 19/03/1980. Durante a sua gestão foi promulgada a lei nº 5.966 de 1973, que criou o Inmetro e instituiu o Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial. Também foi iniciada a construção do Campus de Laboratórios de  Xerém, projeto que ganhou reconhecimento no Brasil e no mundo. Dr. Armênio Lobo da Cunha Filho faleceu dia 16/09/2018

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!