GNV: Explosão em posto de gasolina deixa três feridos na Praça da Bandeira

0
387
Uma explosão destruiu um posto de gás na Rua do Matoso, na Praça da Bandeira. A causa do acidente seria um problema com um cilindro de GNV. A explosão  aconteceu por volta as 21h e deixou o Onix prata que estava abastecendo irreconhecível. Três pessoas ficaram feridas.
 

Um funcionário do posto confirmou que a explosão aconteceu no momento do abastecimento do automóvel e que a contagem na bomba ainda estava em R$ 3.

Segundo policiais militares, que estão no local, ninguém morreu. O ferido mais grave foi o motorista do carro, identificado como Jonathan de Deus, de 29 anos, que foi levado ao Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio. Um outro condutor, Girley Cassemiro, de 20 anos, que estava no carro de trás no momento da explosão, foi atendido no local e está prestando depoimento na delegacia. Já o gerente do posto, Bruno Gomes, teve apenas um corte na testa e passa bem. Ele também foi encaminhado para a delegacia.

— Foi uma explosão do nada. Parecia que o mundo iria cair. A tragédia poderia se bem pior — contou uma testemunha.

A irmã de Jonathan, Taisa Nascimento, disse que, apesar do susto, o irmão está bem.

— Ele teve um corte e já feito o curativo e já está medicado. Não precisou de cirurgia. Está lúcido. Ficou consciente todo o tempo. Graças a Deus está fora de perigo e deve ter alta ainda hoje. — afirmou Taisa.

O taxista Daniel Rodrigues contou que puxou assunto com o dono do carro momentos antes da explosão, o que impediu que ele estivesse ao lado do carro:

— Puxei papo com ele no banheiro. Dois minutos depois ele saiu e teve a explosão. Foram esses dois minutos que salvaram a vida dele — relatou o taxista.

No momento da explosão estava acontecendo, em um dos quiosques dentro do posto, uma festa de aniversário. A comemoração era do dono do estabelecimento Julio Marques, que fazia 46 anos. Segundo o empresário havia mais de 60 pessoas no local.

— Aqui é um ponto muito movimentado. Foi muita sorte não ter morrido ninguém — disse.

Uma das convidadas, a promoter Carina Gama, de 25 anos, também foi salva por ter ficado segundos a mais no banheiro. Ela decidiu fazer uma selfie no espelho momentos antes do acidente. Ela conta que ao colocar a mão na maçaneta para abrir a porta, a força da explosão a jogou para trás:

— O banheiro é bem em frente a bomba. Era para eu estar toda machucada. Os vidros do banheiro quebraram todos – relata.

O caso está sendo investigado pela 18ª DP, que terá obstáculos na investigação. Isso porque minutos depois que os bombeiros e a polícia militar deixaram o local, funcionarios começaram limpar o posto e carro que teria provocado a explosão foi removido por um reboque. Segundo o gerente do posto, os bombeiros teriam autorizado a realizar a limpeza.

Crédito: Felipe Grinberg e Letícia Gasparini/O Globo – disponível na internet 06/07/2019

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!