Presidente do Inmetro recebe a representação dos Servidores Aposentados do Inmetro

3
469
Foto: Reunião na Presidência do Inmetro 15/07/2021- Marcos Heleno Guerson de Oliveira Junior, Marli Soares da Silva, Sérgio Ballerini, Rodrigo Ozanan, Marcelo Nascimento, Erasmo Flávio moreno Martins e José Joaquim Vinge @asmetro

O presidente do Inmetro recebeu ontem (15 de julho de 2021) em seu gabinte de Xerem as representações dos Aposentados do Instituto e do ASMETRO-SN, onde foi tratado assuntos de interesse dos servidores aposentados do Inmetro

Participaram dessa reunião:

Presidencia do Inmetro: Marcos Heleno Guerson de Oliveira Junior

Representação dos aposentados: Erasmo Flávio Moreno Martins, José Joaquim Vinge, Marli Soares da Silva e Sérgio Ballerini

Representação do ASMETRO-SN: Marcelo Nascimento, Rodrigo Ozanan e Sérgio Ballerini

Inicialmente, foi manifestado por todos os agradecimentos ao Sr. Presidente do Inmetro, Engenheiro Marcos Heleno Guerson de Oliveira Junior, pela oportunidade de nos reunirmos e apresentarmos um conjunto de temas, que vão ao encontro dos interesses institucionais e dos servidores aposentados.

Neste sentido, foi colocada a proposta de colaboração/participação de servidores aposentados, com vistas a dar prosseguimento às boas práticas de disseminação e de gestão do conhecimento. Importante destacar que, o Inmetro construiu ao longo dos anos capital intelectual altamente qualificado e de reconhecimento entre seus pares (nacional e internacional). Desse modo, a contribuição proposta tem por objetivo cooperar com a instituição, notadamente nos temas da infraestrutura da qualidade – ferramenta estratégica para o crescimento e desenvolvimento do país em áreas estratégicas: indústria, qualidade de bens e serviços, saúde, segurança, meio ambiente, comércio exterior – dentre outros.

O fortalecimento da carreira dos servidores do Inmetro, item constante na pauta, foi observado pelos servidores representantes e pelo ASMETRO, como ação necessária de reformulação e adequação aos padrões praticados por órgãos de atribuições similares ao Inmetro, por exemplo Agências Reguladoras (Órgãos de Estado). O Inmetro, face aos seus critérios de cargos e salários, vem perdendo nos últimos anos, substancialmente, servidores dos seus quadros técnicos para outros órgãos públicos.

Ponto que também mereceu atenção especial foi a solicitação de disponibilizar na Cogep atendimento preferencial para servidores aposentados:  esclarecimentos, orientações e providências legais que são frequentemente exigidas e/ou necessárias, tais como: procedimentos para receber o auxílio ao plano de saúde, solicitação de pensão ao cônjuge – em caso de falecimento do servidor – comprovação de vida etc.

O Presidente participou ativamente dos itens discutidos e fez muitas anotações, que segundo ele, vão ao encontro das atividades em curso na casa – elencadas recentemente no Plano Estratégico Institucional.  Outrossim, manifestou seu engajamento para o reconhecimento do Inmetro como “Instituição de Estado”, haja vista o importante papel e atuação nos temas da Infraestrutura da Qualidade.

Temas abordados pelos aposentados na reunião com a presidência do Inmetro 

  1. A exemplo de outras instituições congêneres internacionais, dispor de uma sala/ambiente para receber os servidores aposentados. Tal iniciativa visa manter um elo de aproximação entre os servidores ativos e inativos. (o ASMETRO-SN já possui uma sala para os seu sindicalizados)
  2. Manutenibilidade do capital intelectual, visando às melhores práticas da gestão do conhecimento.
  3. Criar seminário a cada dois anos pra servidores aposentados
  4. Elaborar um projeto “servidores conhecendo o Inmetro” visitação nos laboratórios e setores importantes da autarquia com a participação dos aposentados;
  5. Disponibilizar, na Cogep, um atendimento preferencial/dedicado aos servidores aposentados. (esclarecimentos e orientações, tais como: dedução plano de saúde, comprovação de vida, pensão etc.)
  6. Manter um canal contínuo com os aposentados (jornal, WhatsApp, face book…)
  7. Aumentar a participação do governo na per capita dos planos de saúde
  8. Participação do Inmetro nos aumentos do plano de saúde Geap (Foi o plano de saúde que mais teve aumento);
  9. Elaborar um projeto para preparar servidores pra aposentadoria (seminário) com à participação do: curso de empreendedorismo; médico geriatra (como lidar com os pais); qualidade de vida após a aposentadoria; como fugir do sedentarismo; tecnologia; e outros…
  10. Incorporação de gratificação de desempenho dos servidores aposentados do Inmetro
  11. Participar das discussões do Comitê de Gestão da carreira dos servidores do Inmetro. 
  12. Equiparação da Rubrica de Titularidade ao MCTI
  13. Participar das discussões sobre os ajustes/revisão das gratificações concedidas aos servidores de níveis auxiliar, médio e superior.
  14. Possibilidade da instituição poder contar com o conhecimento dos servidores inativos, em alguns projetos, ou missões externas ao Inmetro.
  15. Publicar alguns trabalhos relevantes que foram realizados por servidores aposentados.

ASMETRO-SN 16/07/2021

3 Comentários

  1. Quero parabenizar meus colegas aposentados pela ação, pois também tinha uma preocupação com o distanciamento de tantos talentos profissionais q poderiam continuar somando com o crescimento do Inmetro. Quero aqui agradecer ao Inmetro e ao Sindicato por este reconhecimento, e q se concretize esses e demais importantes pleitos daqueles q foram os principais atores para o reconhecimento do Inmetro na sociedade brasileira e internacional. Ainda q salários eram muito injustos, mas não faltava, competência, dedicação e sobretudo amor ao que fazíamos em prol do brasil e dos brasileiros. O Inmetro é um orgulho pra nós. Angela Duarte pesquisadora tecnologista em metrologia e qualidade, gestora sócio ambiental, aposentada. Empreendedora Social.

  2. No momento que vive o Brasil uma atitude inicial como esta e com ideias em consenso com o grupo de aposentados e apresentada por servidores que na ativa pensavam sempre no crescimento e desenvolvimento da instituição acredito que possa ser de grande cooperação para as conquistas do Inmetro.

  3. Lembro que em 2003, meu caro Erasmo sugeriu ao diretor da antiga Dqual – Lobo, a implantação da gestão do conhecimento, e por muita pena, nada foi feito e o conhecimento foi se esvaindo e chegando ao estado atual onde colocam em dúvida todo o trabalho da Qualidade desenvolvido nos últimos 30 anos. O sucesso do Inmetro não foi a toa, foi graças a muito suor e competência por vários profissionais qualificados, diferente dos últimos anos …..

Deixe um comentário para Sergio moreira Cancelar Resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!