Segurança em primeiro lugar: Inmetro participa de campanha mundial pelas compras em marketplaces 

0
71
@dicom/inmetro
Segundo a OCDE, vendas online de terceiros podem ser uma ameaça à segurança do consumidor
 
Com a proximidade do Natal, o Inmetro participa de uma ação global pela segurança de produtos vendidos on-line.
 
Coordenada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a campanha ‘Segurança em primeiro lugar’ envolve 21 países. No Brasil, a inciativa é liderada pelo Inmetro e pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça. 
 
“A campanha se baseia numa varredura realizada em 2021, no Brasil e no mundo, que identificou a venda de produtos irregulares e não conformes no ambiente online, sobretudo em marketplaces, em todos os níveis, de eletrodomésticos a brinquedos e jogos”, comentou Karine Murad, da Diretoria de Avaliação da Conformidade. 
 
Segundo revela, o objetivo é orientar os consumidores para que possam fazer escolhas seguras e saibam como proceder, caso tenham comprado um produto não conforme.
 
“Resultados da ‘On-line Sweep’ realizada em 2021 no Brasil foi um alerta: encontramos brinquedos banidos pela regulamentação sendo comercializados na internet, como os ‘Ioio balls’ e produtos com imã sendo vendidos como brinquedos, sem seguir o estabelecido no regulamento e que oferecem, portanto, riscos às crianças”, comentou. Para os produtos irregulares foram abertos processos administrativos e as empresas foram notificadas.
 
De acordo com a OCDE,  mundialmente houve uma taxa maior de não conformidades para produtos anunciados em marketplaces online por terceiros, em comparação aos sites de varejistas, com loja virtual própria. “É preciso que os grandes portais de varejo conheçam os perigos de produtos que são regulamentados e os que oferecem algum tipo de risco ao consumidor. Sobretudo porque comercializam produtos de terceiros e há uma tendência de crescimento das compras online, principalmente após a pandemia”, alerta Karine.
 
De 2017 a 2019, brinquedos e jogos estavam entre os três principais grupos de produtos recolhidos em todo o mundo.
 

Ao longo das próximas semanas, serão divulgados materiais com recomendações para ofertas e aquisições mais seguras no e-commerce. As informações podem ser acessadas no site do Inmetro e nas mídias sociais, nas quais serão usadas a hashtag #segurancaemprimeirolugar.

Para apoiar a população nessa avaliação, selecionamos produtos regulamentados pelo Inmetro e listamos itens que devem ser checados.

Brinquedos

Verificar a presença de faixa etária indicada, apropriada para a idade da criança e a presença da certificação.

Eletrodomésticos

Selo de segurança:  183 tipos de eletrodomésticos possuem o selo do Inmetro, atestando que foram avaliados quanto à segurança. Isso inclui: aspiradores de pó, máquinas de cortar cabelo, lava-louças, batedeiras e processadores de alimentos, que são produtos que tiveram expressivo crescimento de vendas durante o isolamento social, entre outros.

Etiqueta de eficiência energética: entre esses eletrodomésticos, alguns também devem apresentar a Etiqueta Nacional de Conservação de Energia, informando sobre a eficiência energética e o consumo de energia. Ex.: geladeiras, televisores, etc.

Selo Ruído: os aparelhos que fazem mais barulho (liquidificadores e secadores, por exemplo) devem ter esse selo na embalagem, informando a potência sonora em decibéis e classificando os aparelhos de 1 (mais silencioso) a 5 (menos silencioso).

Fonte: https://www.gov.br/inmetro/pt-br/centrais-de-conteudo/noticias/ seguranca-em-primeiro-lugar-inmetro-participa-de-campanha-mundial-pelas-compras-em-marketplaces

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.