Novo golpe: Criminosos usam pagamento por aproximação para fraudar transações; veja como se proteger

0
449
@internet
Vírus brasileiro Prilex agora bloqueia o pagamento via aproximação e obriga consumidor a inserir o cartão na maquininha, o que possibilita fraudar transações

A empresa de cibersegurança Kaspersky anunciou que descobriu três novas variações do vírus brasileiro Prilex – e que o malware agora é capaz de bloquear pagamentos por aproximação nos pontos de venda. Após uma mensagem de erro, o consumidor é obrigado a inserir o cartãona maquininha, o que possibilita que o programa malicioso roube dados e fraude transações.

O golpe bloqueia pagamentos com a tecnologia NFC, que tiveram um crescimento na popularidade em meio à pandemia de covid-19 e têm um mecanismo de segurança que cria um número de cartão único para cada transação – ou seja, as informações, mesmo que capturadas por criminosos, não teriam utilidade. Quando há dispositivos infectados no ponto de venda, porém, a operação será bloqueada e uma falsa mensagem de erro irá aparecer: “ERRO APROXIMACAO INSIRA O CARTAO (sic)”.

O malware ainda é capaz de filtrar cartões de crédito de acordo com o segmento, podendo, por exemplo, bloquear somente as operações de cartões “black”, corporativo ou outras opções que costumam ter limites mais altos.

Objetivo de golpistas é que consumidor insira cartão físico na maquininha.
Objetivo de golpistas é que consumidor insira cartão físico na maquininha.  Foto: Gabriela Biló/Estadão

O Prilex é um grupo brasileiro especializado em fraudes financeiras. Sua atuação é rastreada desde 2014 na América Latina e já foi identificada também na Europa. As novas versões do vírus foram detectadas somente no Brasil por enquanto, mas poderão ser disseminadas para outros países, segundo a Kaspersky.

Como se proteger

As ferramentas do Prilex afetam computadores de pontos de venda, portanto é preciso que os lojistas se atentem à segurança de suas operações, mantendo seus computadores seguros. Computadores usados para sistemas de pagamentos não devem ser utilizados para outros fins e é necessário que o sistema tenha uma solução de segurança atualizada e robusta, de preferência soluções com várias camadas de proteção. Computadores com sistemas antigos também devem ter soluções de segurança otimizadas para suas versões.

Já os consumidores podem ficar atentos à falsa mensagem de erro: caso ela apareça, ele não deve recorrer ao cartão físico, mas a outras alternativas de pagamento, como dinheiro ou Pix. É importante acompanhar os valores emitidos na fatura do cartão e também através dos aplicativos dos bancos. Se detectar algum gasto indevido, é preciso entrar em contato com a instituição financeira para tentar resolver. Também é possível fazer um boletim de ocorrência.

Crédito: Redação de O Estado de São Paulo – @ disponível na internet 01/02/2023


Dicas para você se proteger de golpes com o cartão por aproximação

Os cartões de crédito e débito que possuem a modalidade de pagamento por aproximação são cada vez mais utilizados pelos brasileiros, é uma modalidade de pagamento que mais cresce no Brasil. O número de operações feitas por aproximação aumentaram 8 vezes entre 2021 e 2022. Mas para você se beneficiar dessas transações mais rápidas é preciso tomar alguns cuidados.

O pagamento por aproximação é uma facilidade a mais oferecida pelos bancos e fintechs para facilitar nossa vida no momento de realizar uma compra usando um cartão, seja ele de débito ou crédito. Essa tecnologia é chamada de Contactless, em outras palavras, os cartões com essa tecnologia possuem um chip que funciona através de ondas eletromagnéticas, basta aproximar o cartão da maquininha que o pagamento é concluído, e na maioria das operações sem a necessidade de digitar uma senha. Fique atendo a isso!

Se você usa o aplicativo do seu banco, ative as notificações

Além de ficar de olho no extrato, você pode ativar as notificações do aplicativo para ser avisado sempre que uma nova compra é realizada. Assim, você consegue identificar rapidamente quais compras são suspeitas e, se for uma operação que você não fez, “corra” e providencie o bloqueio do cartão imediatamente com o seu banco.

Não deixe de conferir o valor antes de confirmar a transação

O pagamento por aproximação faz com que as transações sejam mais dinâmicas e muitas vezes esquecemos de conferir o valor antes de efetuar o pagamento. É ou não é verdade? Dobre a sua atenção nesta etapa! Quando usamos a senha para confirmar o pagamento temos a oportunidade de conferir o valor da compra, pois o valor aparece o tempo todo na tela da maquininha. Mas nas transações por aproximação na maioria das vezes a maquininha não pede para digitarmos a senha e nem lembramos de conferir o valor. Solicite sempre a sua via impressa para uma conferência futura.

Tenha atenção redobrada onde você guarda o cartão

Fique atento(a) com o lugar onde você deixa seu cartão, pois ele pode ser usado por qualquer pessoa sem sua autorização.

Fique atendo na distância entre o cartão e a maquininha

Com a tecnologia Contactless o pagamento pode ser feito em uma distância de até 4cm entre o cartão e a maquininha. Por isso, é indicado manter o cartão afastado até que você possa conferir o valor da transação. Na maioria dos casos a maquininha emite um som quando a leitura do cartão foi concluída.

É seguro pagar com aproximação do celular?

Essa operação também pode ser feita por aparelhos de celular que possuem tecnologia NFC, você pode fazer pagamentos no crédito ou débito apenas aproximando seu celular na maquininha do estabelecimento.

Utilizar um celular nesse tipo de operação é tão seguro quanto usar o cartão, mas mesmo assim é necessário ter atenção nos detalhes antes de efetuar o pagamento. As dicas a seguir servem para as duas modalidades de pagamento por aproximação, tanto com o celular quanto com cartão.

Não deixe da realizar uma conciliação das suas transações no extrato da sua conta

Com os aplicativos de cartão ou de instituições financeiras você não precisa mais esperar a fatura chegar para conferir as compras que realizou no último mês. Aproveite para conferir seu extrato periodicamente para ter certeza que você autorizou todas as transações listadas no extrato.

Bloqueie imediatamente o cartão em caso de perda ou roubo

Se você for assaltado ou perdeu o cartão, prossiga para o bloqueio do cartão pelo aplicativo, e informe ao seu banco sobre o ocorrido, o quanto antes. Assim, você se resguarda de possíveis “dores de cabeça” no futuro.

Como informar o meu banco de uma compra que não reconheço?

Se você tomou todos os cuidados acima, mas, mesmo assim, foi vítima de alguma fraude envolvendo compras por aproximação, a primeira providência é registrar Boletim de Ocorrência numa delegacia de polícia. Aliás, o comunicado à polícia deve ser feito inclusive quando você perceber o desaparecimento do cartão seja por qual motivo for. Em seguida, procure se comunicar imediatamente com o seu banco pedindo o bloqueio imediato do cartão e solicite o estorno do valor. Se houver negativa, o ideal é procurar os órgãos de defesa do consumidor. O último recurso é a Justiça.

Ah, não você não sabe o número?!?! Dá um Google aí com o nome do seu banco que normalmente aparece um número do SAC no resultado da busca. Normalmente para a sua segurança seu cartão será cancelado imediatamente e você receberá uma nova via em até 15 dias úteis. Um detalhe muito importante, o prazo máximo para realizar a contestação é de no máximo 45 dias após a data da compra, na maioria dos bancos.

É possível desativar a modalidade por aproximação?

Sim. A modalidade de pagamento por aproximação pode ser cancelada a qualquer momento, bastando, para isso, solicitar à sua instituição bancária que o serviço seja desabilitado.

Existe um limite definido para compras por aproximação?

O limite para pagamentos por aproximação orientado pelo Banco Central é de R$ 200,00 sem a solicitação de uma senha.

Investir em segurança é sempre um excelente caminho

Golpistas aproveitam da distração dos portadores do cartão e levam com eles uma máquina escondida, já comandada com um valor abaixo de R$ 200,00 e chegam o mais perto possível da bolsa de uma mulher ou do bolso de um homem, com a máquina previamente programada com uma compra de valor inferior e conseguem apropriar-se indevidamente do valor.

Atualmente, existem diversos bloqueadores de sinal que funcionam como capas para os cartões e evitam que eventuais golpes possam ocorrer enquanto o cartão estiver guardado em uma carteira ou bolsa, por exemplo.

Em resumo:

  • É seguro pagar com aproximação do celular? Sim!
  • Confira o valor antes de confirmar a transação.
  • Fique de olho na distância entre o cartão e a maquininha.
  • Acompanhe o extrato das suas transações.
  • Ative as notificações do aplicativo.

Bom, é um desafio muito grande, concorda comigo? Mas se você foi vítima de algum tipo de golpe não deixe de denunciar. Fique com o seu radar ativado para qualquer operação duvidosa.

Crédito: Reprodução da Folha Vitória / centrodevitoria – @ disponível na internet 02/02/2023

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!