Pensando em aumentar a família de quatro patas? Saiba quais raças de cães têm mais afinidade entre si

0
264
@protetores

Uma das campanhas do grupo de Protetores de animais do Inmetro é incentivar a adoção dos cães residentes, que são amorosos e adoram um carinho!! Já tivemos muitos casos de adoção de sucesso (Canjica, Preta, Suzana, Ludmila, Theo, e muitos outros) e outros que infelizmente não funcionaram como esperado e o cãozinho retornou ao Campus.

Por isso, antes de tomar essa decisão (quer seja pela adoção de um cão sem raça definida quanto a um que seja de raça), é importante considerar alguns aspectos no caso de um lar que já tenha animais. Conhecer o temperamento de cada indivíduo é fundamental, bem como dedicar tempo para assimilar a personalidade.

Mas sempre há uma forma de ajudar se você se apaixona por um cãozinho do Campus e por algum motivo não pode no momento adotá-lo em definitivo. Você pode ser “padrinho”, contribuindo nos cuidados e alimentação, ou provendo lar temporário.

As dicas são de um artigo publicado pelo Portal Melhores Amigos:

“Já tenho um cachorro e quero um irmãozinho de quatro patas para ele. Qual raça devo escolher?” Essa dúvida passa pela cabeça da grande maioria das pessoas que decidem adquirir um segundo cão. A resposta começa exatamente na raça do seu bichinho atual.

De acordo com a médica veterinária Livia Romeiro, do Vet Quality Centro Veterinário 24h (www.vetquality.com.br), as centenas de raças existentes no mundo são divididas em grupos que incluem características similares, como temperamento e desenvolvimento.

“Quando pensamos em ter o convívio de duas raças distintas, o ideal seria a busca por cães presentes no mesmo grupo. Isso facilita, pois normalmente animais no mesmo grupo possuem o mesmo nível de energia, temperamento bem similar e diversas outras característica muito parecidas”, aconselha a profissional.

O contrário é verdadeiro. Escolher raças de grupos com comportamento muito diferente pode gerar comportamentos conflituosos entre os cães. “Alguns grupos apresentam características mais de trabalho, que são animais com maior energia. E outros grupos são formados por cães de temperamento mais tranquilo. Ter dois cães, sendo um de cada um desses grupos, pode trazer problemas, pois o nível de energia muito diferente pode gerar um desconforto entre eles”, afirma.

“Para cães sem raça definida, o mais importante seria determinar em que grupo ele se enquadra, se é um cãozinho mais quieto como os de companhia, se é mais caçador como os terriers, se fica mais vigilante como os cães pastores. Aí, sim, buscamos o seu novo parceiro com temperamento similar”, diz Livia.

Após a escolha da raça do segundo cão, a dica é conhecer detalhadamente todas as características dele. “Desta forma, saberemos se o novo cãozinho está próximo ou não das características do seu próprio cão. Quanto mais próximo for o temperamento, melhor será a interação e parceria entre eles”, aconselha Livia.

Veja a seguir os grupos e exemplos de raças similares:

Grupo 1 (pastores e boiadeiros)

Pastor alemão, pastor belga, border collie, bouvier de flandres, pumi

Grupo 2 (pinscher, schnauzer, molossos, boiadeiros suíços)

Pinscher, schnauzer, são bernardo, shar pei, dobermann

Grupo 3 (terriers)

Fox terrier, norfolk terrier, cairn terrier, bull terrier

Grupo 4 (dachshund)

Dachshund (teckel)

Grupo 5 (spitz e primitivos)

Akita, chow chow, shiba, lulu da pomerânia, husky siberiano

Grupo 6 (sabujos e rastreadores)

Basset, beagle, bloodhound, dálmata

Grupo 7 (cães de aponte)

Setter, braco, perdigueiro, weimaraner, pointer

Grupo 8 (retrievers, levantadores e de água)

Golden retriever, cocker spaniel inglês, barbet, cão d’água português

Grupo 9 (cães de companhia)

Lhasa apso, pug, poodle, shih tzu, chihuahua, maltês

Grupo 10 (galgos e lebreiros)

Greyhound, saluki, borzoi, whippet

portalmelhoresamigos.com.br/saiba-quais-racas-de-caes-tem-mais-afinidade-entre-si

Formas de contribuir com o trabalho dos Protetores de animais do campus: dando lar temporário, apadrinhando um protegido, doações de medicamentos, caixas de transporte, coleiras, guias, potes etc.! Participe dos bazares e das rifas.

PIX do Protetores: [email protected]  

Seja você também um voluntário protetor! Procure a Secretaria do Asmetro ou escreva para [email protected]

Para saber mais sobre as ações realizadas e em andamento, clique no link abaixo e leia as matérias já publicadas: https://asmetro.org.br/portalsn/category/protetores-de-animais/

Ana Cristina Follador / Protetores – 23/07/2023

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!