Novo golpe do PIX promete remunerar por “missão” e começa pagando R$ 20, mas é esquema de pirâmide.

0
297
@reprodução internet

O novo golpe do PIX funciona da seguinte forma: o criminoso aborda a vítima através de aplicativos de mensagens ou redes sociais oferecendo pequenos valores para que ela passe a seguir determinado perfil nas redes, curta posts ou deixe avaliações positivas sobre estabelecimentos no Google.

Caso a vítima aceite participar, os golpistas pedem a chave PIX para o suposto pagamento pelas tarefas executadas.

O pagamento em valores baixos pelas primeiras tarefas cumpridas  é uma tática dos criminosos para gerar confiança nas vítimas, pagando em torno de R$ 4 e R$ 20. Para receber mais a vítima precisa “evoluir nas missões” e fazer investimentos cada vez maiores.

Para a empresa de proteção financeira digital Silverguard, que tem recebido relatos no canal de denúncias SOS Golpe, a promessa de retorno é alta, variando de 30 % a 100%.

– A vítima entra num ciclo vicioso em que precisa fazer o próximo investimento para conseguir recuperar o anterior. O golpista inclusive dá “dicas” de como conseguir o dinheiro para o investimento, como pedir emprestado para familiares e amigos, sempre passando a confiança de que é um retorno garantido, de uma empresa idônea, podendo até enviar prints de outros “clientes” como prova social. Além do mais, eles usam uma narrativa envolvente, de tarefas e missões, e sofisticada, já que muitas vezes o golpista se comunica com a vítima por mais de um canal, além de remunerar a pessoa com baixos valores iniciais – explica Márcia Netto, CEO da companhia.

Fonte: direitonews.com.br – @ disponível na internet 15/09/2023

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!