A revolução 5G e a digitalização da sociedade e da metrologia. Assista o Vídeo.

0
162

Digitalização da Sociedade e da Metrologia

O advento da tecnologia 5G, ou quinta geração da telefonia móvel, é uma nova tecnologia de transporte de dados em redes envolvendo dispositivos móveis que tem permitido a digitalização da sociedade , da economia e trazendo  mudanças no  de comportamento humano, onde  produtos, serviços e processos  vão estar sendo gerenciados,  disponibilizados e acessados  via internet.

Esse processo de digitalização que está a caminho, estará  presente na infraestrutura das cidades, dos serviços públicos e na política industrial do País, envolvendo trilhões de dólares, atuando em todas as  áreas tais como:   agricultura, agropecuária, indústria, meio ambiente, portos e aeroportos, saúde, educação, além de produtos , serviços e aspectos da mobilidade humana.

Dentro dessa nova realidade, alguns institutos nacionais de metrologia, vêm se preparando para atender as necessidades decorrentes do processo de digitalização da economia e da sociedade, realizando atividades  de pesquisa, resultando na “Digitalização da Metrologia” que,  proverá   confiabilidade, segurança, exatidão e identificação unívoca dos registros de medição que vierem a ser coletados, armazenados, protegidos contra alterações indevidas, e transmitidos pela internet.

Registros esses, obtidos por  inúmeros equipamentos e instrumentos de medição, conectados em rede que atuam em todas as áreas da sociedade.

Crédito: Marcelo Mascimento/ Rodrigo Ozanan e Sérgio Ballerini – ASMETRO-SN 27/10/2020


Revolução 5G: conheça a tecnologia que promete conexões ultra-rápidas de internet.

Uma nova era tecnológica promete grandes mudanças no nosso dia a dia: o tão falado 5G. O repórter Felipe Santana mostra como o Brasil e o mundo estão se preparando para implantar essa rede e explica por que o 5G virou o centro de uma disputa entre duas potências.

Tudo começou durante a guerra. No Vietnã, os militares aperfeiçoaram a tecnologia para se comunicar em qualquer lugar. Nos anos 1970, surgiu o celular. É o 1G, a 1ª geração, os famosos tijolões. A 2ª geração de telefonia móvel, o 2G, possibilitou que a gente começasse a mandar mensagens de texto. Com o 3G, o telefone virou um minicomputador, com internet. Com o 4G, surgiram aplicativos que precisam de mais velocidade.

O 5G é um sistema muito parecido com o 4G. Precisa de uma antena, de onde saem as ondas eletromagnéticas, como as de rádio, que carregam os dados pelo ar. Mas a nova tecnologia usa frequências de onda muito altas, capazes de carregar mais dados.

Crédito: Programa do Fantástico da RGT –  disponível no Youtube e na internet 27/10/2020

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!