“Mercado Livre” passa a exigir o número da certificação junto ao INMETRO de forma obrigatória, em todos os anúncios de fios e cabos elétricos.

1
171
@internet
O ano de 2022 já começou com boas conquistas do Sindicel para fabricantes e toda a sociedade.
 
A partir de agora a plataforma digital “Mercado Livre” passará a exigir o número da certificação junto ao INMETRO de forma obrigatória, em todos os anúncios de fios e cabos elétricos.
 
Ressaltamos que a criação dessa obrigatoriedade aos revendedores online é resultado da atuação do Sindicel junto aos marketplaces, via notificações extrajudiciais, reuniões e outras medidas, para combater o mercado ilegal de fios e cabos.
 
Visite qualifio.org.br para conhecer as marcas aprovadas pelo INMETRO ou denunciar fabricação ou comércio de fio irregulares.
 
Crédito: Facebook do Sindicel – @disponível na internet 14/01/2022
 

1 Comentário

  1. Fato alertado pelo colega Vanderlei do setor de fiscalização da DCONF há pelo menos uns 6 anos, quando identificou vários produtos de certificação compulsória sem indicar a mesma. Esse movimento deveria, urgentemente, se propagar para todo e QQ produto certificado anunciado na internet.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.