“Mercado Livre” passa a exigir o número da certificação junto ao INMETRO de forma obrigatória, em todos os anúncios de fios e cabos elétricos.

1
2247
@internet
O ano de 2022 já começou com boas conquistas do Sindicel para fabricantes e toda a sociedade.
 
A partir de agora a plataforma digital “Mercado Livre” passará a exigir o número da certificação junto ao INMETRO de forma obrigatória, em todos os anúncios de fios e cabos elétricos.
 
Ressaltamos que a criação dessa obrigatoriedade aos revendedores online é resultado da atuação do Sindicel junto aos marketplaces, via notificações extrajudiciais, reuniões e outras medidas, para combater o mercado ilegal de fios e cabos.
 
Visite qualifio.org.br para conhecer as marcas aprovadas pelo INMETRO ou denunciar fabricação ou comércio de fio irregulares.
 
Crédito: Facebook do Sindicel – @disponível na internet 14/01/2022
 

1 Comentário

  1. Fato alertado pelo colega Vanderlei do setor de fiscalização da DCONF há pelo menos uns 6 anos, quando identificou vários produtos de certificação compulsória sem indicar a mesma. Esse movimento deveria, urgentemente, se propagar para todo e QQ produto certificado anunciado na internet.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!