Cronotacógrafo, Lucro Social, Cerimônia de posse da Diretoria e Confia da ANPECI

0
291
José Augusto Basso, Murillo Moura, Sergio Ballerini e Periceles José Vianna

Na última sexta-feira, 20/05, a cidade de São Paulo foi sede de um dos eventos mais esperados desde o início da pandemia: a cerimônia de posse da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal da Associação Nacional dos Postos de Cronotacógrafos – ANPECI, seguida de rodada de palestras com autoridades públicas e de empresas reconhecidas mundialmente.

O evento contou com a presença do Diretor de Metrologia Legal do INMETRO, Sr. Periceles José Vianna, bem como do Coordenador do Programa de Cronotacógrafos, Sr. Eduardo Ribeiro de Oliveira.

A ASMETRO esteve representada pelo seu presidente, Sr. Sérgio Ballerini. Representantes de Órgãos Delegados também marcaram presença, sendo estes os senhores Ricardo Costa Franco de Camargo, Superintendente do IPEM/SP, Jefferson Kovachich de Oliveira, Diretor de Divisão do IPEM/SP, Gildásio Rocha, Diretor Técnico do IBAMETRO-BA e Leandro Araújo Paes Barreto, Diretor Técnico do IPEM/PE.

Posse da Diretoria

Empossado, o presidente da ANPECI, Sr. Murillo Moura, reeleito até 2024, pronunciou algumas palavras e apresentou algumas bandeiras com as quais deseja trabalhar, sendo a união dos nossos associados uma das mais importantes.

Em seguida, o ex-presidente e atual diretor secretário, Sr. José Augusto Basso, deu uma palestra inspiradora sobre ética, moral, direito e compliance, buscando promover junto aos seus pares o conhecimento e a aplicação desses conceitos em suas empresas e em suas vidas pessoais.

Cronotacógrafo

O Cronotacógrafo, como não poderia ser diferente, foi o assunto principal das palestras e dos debates durante todo o dia, sempre exaltado pela sua condição de instrumento de segurança em nossas estradas e rodovias, preservando vidas, mas também sendo importante quando se analisa o contexto do lucro social do equipamento.

Lucro Social

No 1º Webinar promovido pela ASMETRO chegou-se à conclusão de que ações de fiscalização de cronotacógrafos podem gerar até R$ 8.000.000.000,00 (oito BILHÕES de reais) ao ano no Brasil.

Por fim, já adentrando o início da noite, após muito conteúdo, troca de conhecimento e informações entre os presentes, o evento foi encerrado sob aplausos de todos e o convite para novo encontro, no mês de outubro, na cidade de Recife/PE.

ANPECI 23/05/2022

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.