Reajuste Salarial/Mesa Nacional de Negociação: Governo propõe reajuste de até 9% para 2023. Conheça a proposta

41
12486
@Cristiano Eduardo ASCOM-FONACATE

Na manhã dessa quinta-feira (16) o governo federal realizou a primeira reunião da Mesa Nacional de Negociação permanente com servidores federais. O evento aconteceu no Ministério da Gestão e Inovação em Serviços públicos e foi conduzido pelo Secretário de Gestão de Pessoas e Relações de Trabalho , Sérgio Mendonça.

O encontro dá continuidade às atividades do último dia 07 de fevereiro, quando a ministra de Gestão, Esther Dweck, deu abertura a Mesa de Negociação e sinalizou diálogo com as entidades representantes dos servidores para negociação de reajustes. A Mesa, instalada pela primeira vez em 2003 no governo Lula, realizou ao longo de 14 anos 175 acordos com as entidades representativas dos servidores e representa um instrumento da democratização do Estado e das relações de trabalho.

A ministra Esther Dweck afirmou anteriormente em entrevista à Folha de São Paulo no último dia 13 que o aumento seria para todas as carreiras do Executivo e que nesse momento o foco do governo é na urgência de aumento para o ano de 2023, uma vez que os servidores estão há mais de quatro anos sem aumento real.

A mesa foi composta por representantes das centrais sindicais, do FONASEFE (Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais) e FONACATE (Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típica de Estado). O PROIFES-Federação foi representado pelo presidente da entidade, professor Nilton Brandão

*Propostas*

O Secretário Sérgio Mendonça trouxe a previsão orçamentária para o ano de 2023 e afirmou que o valor previsto para reajuste de salários e benefícios é de 11,2 bilhões. Nesse primeiro momento a expectativa do governo é discutir o reajuste apenas para o ano de 2023 para posteriormente debater a Lei Orçamentária Anual e reajustes para 2024.

Após um longo debate com as entidades presentes, Sérgio Mendonça deixou como encaminhamento a apresentação, ainda nesta quinta-feira, de uma proposta com os seguintes índices de reajuste: Para reajuste no mês de março – aproximadamente 7,8%; Para o mês de abril – 8,5 %; Para o mês de maio – 9 %. As entidades teriam que optar por uma das propostas a serem apresentadas, em qualquer um dos casos o reajuste do vale alimentação seria de 44%.

Fonte: https://proifes.org.br/reajuste-salarial-governo-realiza-primeira-reuniao-da-mesa-nacional-de-negociacao/ 17/02/2023


41 Comentários

  1. Não importa o governo. É tudo ruim com os servidores… Mas o importante é que estejamos sempre brigando por ideologias e nos separando cada vez mais. Viva o capitalismo selvagem! Vamos votar! Democracia! Cidadania! Continuem assim. São merecedores de tudo o que está acontecendo há 50 anos!

  2. Superávit do Inmetro: R$ 3.442.331.424,48. E o nosso salário está defasado em mais de 45%. Nós do Executivo que atendemos as demandas do judiciário e do Legislativo. Este governo é um governo que senta para negociar, que valoriza o serviço público, e o presidente Lula disse que a gente não tem que ter espírito de vira-lata, ou seja, não podemos continuar aceitando migalhas.

  3. se nós do executivo atendemos as demandas do judiciário e do legislativo, temos que nos valorizar e brigarmos por um aumento salarial real decente. Temos um superávit de R$ 3.442.331.424,48. Os nossos salários estão corroídos em mais de 45% pela inflação que continuará corroendo e daqui a alguns meses este percentual de aumento proposto pelo governo já não valerá mais nada. Devemos deixar de ser com cãozinho vira-lata adestrado que tá sempre aceitando migalhas.

  4. O SERVIDOR APOSENTADO DO EXECUTIVO FEDERAL PRECISANDO DE UM REAJUSTE DIGNO DAS PERDAS SALARIAIS DE 2017 ATÉ 2022 PRA CONSEGUIR COMPRAR MEDICAMENTOS É PAGAR PLANO DE SAÚDE IMPAGÁVEL NÃO PODE RECEBER ESSES 9% ” INJUSTIÇA COMPLETA POR QUEM TRABALHOU A VIDA INTEIRA “

  5. QUANTO AOS REAJUSTES OS MILITARES TEM RECEBIDO MUITAS VANTAGENS DESDE QUE BOLSONARO ASSUMIU A PRESIDÊNCIA EM 2019, ESSE REAJUSTE DE NO MÁXIMO 9% JÁ ESTAVA PREVISTO NO ORÇAMENTO DE 2023 FEITO PELO GOVERNO BOLSONARO, NESSE CASO ESSE GOVERNO DO PT DE LULA NÃO TÁ CONCEDENDO ABSOLUTAMENTE NADA, OS ÚNICOS BENEFICIADOS POR EESE GOVERNO ATUALMENTE SÃO O JUDICIÁRIO,LEGISLATIVO É OS MILITARES, OS SERVIDORES PÚBLICOS FEDERAIS CIVIL ATIVOS É INATIVOS FICARAM NO ESQUECIMENTO, SÓ VÃO SER LEMBRADOS EM 2026 NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES, MAIS TODO ESSE PACOTE DE BOMDADE DESSE GOVERNO NÃO VAI CAIR NO ESQUECIMENTO.

  6. Eu gostaria de saber como vai ficar a situação dos aposentados e pensionista, vai ter aumento pra eles ou não?
    Pois também estão sem aumento e reajuste desde 2017

  7. E como sempre os militares estão fora, tá cheio de políticos das forças armadas e não falam nada, além dos covardes melancias que estão na força!!!!!

  8. Essas propostas são ridículas. Mais ridículas que as propostas são esses sindicalistas que vem comentar dizendo ser uma maravilha de proposta só pra ter como reclamar do governo Bolsonaro que já tinha deixado previamente os 9% no orçamento deste ano e também concederia um reajuste de vale alimentação tal que valeria mais de R$ 900,00.

  9. Prezados colegas, 8% para iniciar no mês de março, já está de bom tamanho, melhor que os aumentos dados por temer e bolsomerda, nos últimos 6 anos, ou querem o que mais??? Vamos com calma, pq agora temos um governo de dialoga, diferente de um desgoverno do temer e bolsomerda.

  10. Boa noite sobre a GEAP o governo teria acabar com cabide de emprego que tem lá dentro e diminuir o valor da mensalidade do plano da mesma..pois tive parar de pagar pois estava pagando quase 2.000 mil reais de plano da GEAP todo ano alimenta agora o salário não acompanha os alimentos
    O nosso sindicato não serve para nada o governo da almento se quiser.opresidemte anterior deu este valor aí agora o presidente atual fala que vai dar aumento de oito porcento de almento os ministro já ganha um salario absurdo e tiveram um bom aumento e nos está megella que revolta da na gente

    • Bom , na minha humilde opinião, os inativos teria que, ter um percentual equivalente aos servidores nativos, vamos ter um percentual, se reajusto , menor que todos , devido não recebermos aux. Alimentação, estamos inativo hje , porém no passado contribuímos com desenvolvimento do país, nada mais justo que , termos o devido reconhecimento por parte dos governantes

  11. A proposta é para o momento, mas espero que sigamos com as negociações, pois com esse percentual, estamos longe de recuperar a perda inflacionária. É digno de que tenhamos novo percentual nos próximos anos e um aumento considerável, principalmente no auxílio alimentação, e que chegue ao patamar do judiciário, pois o Executivo é o poder que inclui principalmente, os serviços mais precários (educação e saúde), os quais possuem a renda mais baixa e são esquecidos por todos.

  12. Gostaria de saber o motivo da disparidade dos salários do executivo em relação ao Lesgilativo e judiciário. Será que ninguém ver isto é um absurdo

  13. Ficamos quatro anos com salários atrasados devido aquele presidente que só dava regalias aos militares. Pegam logo o que vier e ainda temos 3 anos para continuar na mesa de negociação. Antes pouco que nada. Chega de sofrimento.

  14. Nós Auxiliares em Administração, precisamos que a Lei 11.091/2005/PCCTAE seja alterada, pois fomos totalmente prejudicados só sermos enquadrados no Nível C, pois desempenhando as mesmas tarefas e demandas dos Assistentes em Administração, enquadrados no Nível D.

  15. Acho injusto que o aumento contemple os servidores da ativa,com percentual para o auxílio alimentação, tendo em vista que os servidores inativos tem necessidades maiores pela própria idade e terem o aumento real menorJá trabalhamos muito qdo na ativa e por isso discordo.

    • Primeiro não se trata de aumento salarial, e sim de correção pelas perdas decorrentes da inflação. Existem categorias de servidores cujos salários estão congelados desde 2016.
      Quanto à forma de escrever procure melhorar seu texto, em especial quanto a correta pontuação.

  16. Chama-se um paleativo.
    Só queria entender pq SOMENTE nós somos os prejudicados.
    Os aposentados não teriam TAMBÉM um ” vale alimentação” ?

    Sempre discriminados, após 40 anos de serviço ao Órgão, perde tudo.

  17. Quando se fala em reajuste salarial os funcionários do executivo sempre levam a pior,não adianta exibirem uma constituição brasileira como a melhor do mundo,quando na realidade fora das 4 linhas,não contemplam seus abnegados servidores com isonomia salarial em relação ao outros poderes na área da saúde há temos que não se restauram a s carreiras,a data base não existe embora ela estejá inclusa no artigo 37 ,não deveríamos copiar a constituição americana que é curta e resolve todos os problemas?

  18. Penso que devido ao que foi previsto no orçamento, 9% seria aceitável para o momento, ficando aberta negociações para os próximos anos, inclusive ao que se refere a termos data base. Agora quanto ao vale alimentação, achei pouco o reajuste, é só comparar com os outros poderes. É inconcebível essa diferença.

  19. Parabéns Sr presidente Lula, começou a enrolação com os servidores públicos! Quantos votos esse Sérgio Mendonça trouxe pra sua eleição? Só pode ser proposital o Sr colocar esse elemento na maldita mesa de enrolação, aliás, isso é típico do PT, reunião para agendar outra reunião enquanto os servidores públicos sofrem com a inflação causada pela incompetência dos ministros, parlamentares e judiciário.

  20. Esses valores não seriam suficientes para repor nossas perdas ao longo dos anos anteriores. Mas , já é o começo de uma negociação. Também deveria ser revisto o valor do renda percapita para o nosso plano de saúde. O valor atual não ajuda em nada , tendo em vista os altos valores dos planos. Muitos tiveram que abrir mão do plano e estão a mercê da assistência médica pública. Retrocedemos muito. Antes tínhamos plano de saúde pago integralmente pelo Governo. Agora nem aumento de salário, nem plano. Tomara conseguirmos algum reajuste. E também uma proposta de aumento da renda percapita para nosso PLANO DE SAÚDE.

  21. É o reinício de um processo que estava estagnado há 7 anos, 9% ajuda, más não resolve, quem está aposentado não tem o auxílio alimentação e a ajuda do plano de saúde, não está sendo suficiente para manter, e muitos estão se desligando dos planos de Saúde, e ficando sem assistência, porque tem que fazer uma opção, o plano de Saúde ou comprar comida e Remédio!

  22. SIM O REAJUSTE FOI POUCO DIANTE DAS PERDAS QUE JA SOFREMOS , MAIS TEM QUE ESTA SEM PRE EAJUSTANDO POIS FICOU ASSIM PORQUE NAO TINHA MAIS NEM O : LINEAR : ENTAO FOI AUMENTANDO A DISPARIDADE AGRADEMOS AO GOVERNO POR VOLTAR A NOS EXERGAR O PLANO DE SAUDE : GEAP : CRIADO NA EPOCA PELO : DUVANIER : QUE FALECEU COM O CARTAO POIS NAO CONSEGUIA ATENDIMENTO E A MENSALIDADE E MUITO CARA PARA SERVIDORES COM SALARIO DEFAZADO . obrigado pela parti

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!