Justiça derruba liminar que afastou diretoria da Aneel e ONS

0
12

O pedido de afastamento dos diretores da Aneel e do ONS foi provocado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), que na semana passada também conseguiu por decisão da Justiça Federal no Amapá uma liminar que garante o pagamento de duas parcelas do auxílio emergencial no valor mensal de R$ 600 aos amapaense afetados pelo apagão.

O governo também pediu suspensão dessa liminar argumentando que o pagamento do auxílio ocasionará “grave lesão à ordem pública jurídica, administrativa e social e à economia pública” e que não se pode criar um novo benefício social por decisão judicial.

No dia 3 de novembro, um incêndio em um dos três transformadores da subestação de energia na capital do estado inutilizou um dos dois equipamentos que estavam em funcionamento e gerou um blecaute no estado. Na última terça-feira (17), quando a energia ainda não havia sido completamente restabelecida, o estado registrou novo apagão e a população tem lidado com instabilidades no sistema.

Crédito: Marina Oliveira/Congresso em Foco – @internet 21/11/2020

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!