Aprovado crédito suplementar a órgãos do Executivo

1
91

O Congresso aprovou nesta terça-feira (17) projeto de lei que destina crédito suplementar no valor de R$ 561,6 milhões em favor de diversos órgãos do Executivo. A matéria vai à sanção presidencial.

A maior parte dos recursos previstos no Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN) 33/2019 destina-se ao Ministério da Educação (45,53%), a serem usados na área de infraestrutura da educação básica e na manutenção de universidades públicas no estado de São Paulo, entre outras ações.

O projeto também contempla ações do Fundo Nacional Sobre Mudança do Clima (34,77% dos recursos); do Ministério da Justiça e Segurança Pública (15,22%), para o fortalecimento do Subsistema de Inteligência de Segurança Pública; e do Ministério da Cidadania (2,6%), para manutenção da Cinemateca Brasileira, entre outras iniciativas.

O crédito contempla ainda a Presidência da República (0,95% dos recursos), para ações de segurança institucional; e o Ministério de Minas e Energia (0,44%), referentes a aporte de capital na Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural S.A, do Pré-Sal, e na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e ainda ao pagamento de auxílio-moradia para agentes públicos.

Agência Senado de Notícias 18/12/2019

1 Comentário

  1. Me pergunto pra que a PEC emergencial para cortar e congelar salarios e impedir a entrada de servidores publicos, se tem dinheiro para gastar. O trabalhador vai premiar o mal gestor, e este protege os que estao do seu lado, e como esse governo prega, destroi seus inimigos. Só a força sindical para salvar o trabalhador deste governo ditador.

Deixe um comentário para Erik Marques Dias Cancelar Resposta

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome!

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.